Categorias

Newsletter

  • banner lojas kd
  • Design Gráfico

    Apostando no design de jornal

    A vida dos impressos vem sendo ameaçada desde a chegada da internet e ainda mais agora com a vinda do iPad. Se a vida […]


    A vida dos impressos vem sendo ameaçada desde a chegada da internet e ainda mais agora com a vinda do iPad. Se a vida das revistas impressas estão acabando, o que não dizer dos jornais? O que era antes objeto de procura nas bancas de  qualquer lugarzinho no mundo, hoje com seu formato grande e porque não dizer com seu meio de comunicação “atrasado”, está cada vez mais perdendo sua vez nas nossas vidas. Por vezes seu design é maçante e cansativo, ainda mais numa era onde tecnologias interativas estão ao alcance de quase todos. Mas como sempre há uma luz no fim do túnel, alguns jornais estão se destacando e tentando não se deixar esquecer em tempos de iPad. Hoje, no Brasil alguns periódicos nos mostram capricho e atenção no design de jornal, o Metro e o Destak são alguns deles, mesmo gratuitos são os que hoje mais nos surpreendem com seu projeto limpo e moderno. Então, no post de hoje vou dar um exemplo de um redesign de jornal, o do português Jornal de Notícias.

    Jornal de Notícias é o segundo maior  jornal em circulação no país lusitano. Ele nasceu há 124 anos e chega agora nas bancas com um design todo colorido, o primeiro impacto de mudanças significativas que também se encontram no texto e na sua relação on e offline. Um grande up grade na vida de um jornal com tamanha popularidade. A proposta de desenvolvimento do novo projeto gráfico foi feito pela Errea Comunicación. Vocês podem ver um pouco do trabalho da equipe da Errea em cima desse projeto nesse vídeo. O redesign é vibrante, com uma gama maior de cores e de quantidade de gráficos, o que faz com que perca um pouco sua sofisticação clássica, mas que nos dias de hoje funciona muito bem.

    O diretor de arte Pedro Pimentel explica um pouco esse processo de reformulação: “É um jornal menor, com 48 páginas. Um periódico mais humano, mais agressivo e próximo. O design das informações é mais atrativo para os leitores e mais exigentes para os jornalista e editores. Queriamos voltar com a capacidade de surpreender de um jornal, aumentar sua vitalidade de uma forma emocional, com o compromisso de suas histórias e personagens”.

    Os pontos-chave do projeto:

    1: qualidade e variedade tipográfica;

    2: grid de 6 colunas para editorial e 5 para publicidade;

    3: uso expressivo de cores para destacar e sublinhar. Diferentes níveis tonais dependendo da informações;

    4: informações mais fragmentadas e com menos textos. Destaques em cada páginas e não apenas nas matérias de capa;

    5: primeiras página refletindo o espírito do interior do jornal.

     

    Agora, algumas páginas desse novo projeto. Inspirem-se.

    via quintatinta

     


    • http://www.facebook.com/ffersula Fernanda Fersula

      Muito bom, limpo e de fácil navegação. Vai servir de inspiração para o novo projeto gráfico do jornal que trabalho.

    • Luiscbarata

      Bom artigo! Aconselho também a consulta do jornal i, que em cada exemplar nos mostra uma peça de design única. Esse sim, é o verdadeiro expoente máximo da qualidade um jornal em Portugal. Falando apenas de design, é claro. http://www.ionline.pt

    • DougEureka

      O jornal i ( tb de portugal) ganhou o prêmio de melhor design do mundo em 2011. Veja o exemplar de hoje http://www.ionline.pt/sites/default/files/ijornal_0900_21mar12.pdf

    • DougEureka

      O jornal i (tb de portugal), ganhou o prêmio de melhor design do mundo em 2011. Veja o exemplar de hoje http://www.ionline.pt/sites/default/files/ijornal_0900_21mar12.pdf

    • Tomaz

      Show, é o impresso se reinventando para garantir o seu espaço.

    • Rodrigo M.C.

      Muito bom!!
      Trabalho em jornal também, adoro editorial!
      Postem mais sobre esses assuntos!
      lol

    • http://twitter.com/lucterco lucas terço

      Pode soar leigo meu comentário, mas podemos tornar um jornal impresso uma peça mais atual, além de ter um design limpo e interessante, tb um papel de qualidade. Aqui na minha cidade pelo menos, é usado em todos os jornais da cidade um papel de aspecto velho e baixa qualidade, acho que isso inferioriza mais o impresso do digital.