Categorias

Newsletter

  • Inspiração

    Como escolher metas S.M.A.R.T. para 2016

    Início de ano é momento para definir suas metas e objetivos. Qual a melhor maneira de fazer isso? Conheça as metas S.M.A.R.T, técnica utilizada há 50 anos.


    No dia primeiro de Janeiro deste ano, eu coloquei as minhas metas de aprendizado para 2016 no meu github. Como fez um certo sucesso no meu Facebook, eu resolvi escrever um artigo para ajudar você a também definir metas para o ano que começa, utilizando o conceito de Metas S.M.A.R.T.

    Um dos meus trabalhos na Visagio Tecnologia é implementar o SuccessFactors, um software de gestão de talentos da SAP que, segundo o Gartner, é líder de mercado no setor. Um dos módulos desse software é o de avaliação e desempenho, que serve, em resumo, para que as empresas possam definir e medir as metas e competências de seus colaboradores ao longo do ano.

    Esse módulo trabalha com um conceito de metas que eu gosto muito, e que justamente é o assunto do post: Metas S.M.A.R.T.

    Contexto histórico:

    O termo objetivo S.M.A.R.T foi primeiramente empregado e popularizado por George T. Doran em 1981 (“There’s a S.M.A.R.T. way to write management’s goals and objectives” – Existe uma forma S.M.A.R.T. de escrever metas e objetivos de gestão, em uma tradução livre). Entretanto, o termo tem raízes mais antigas, normalmente atribuídas ao “Gerenciamento por Objetivos”(Management by Objectives – MBO) do Peter Drucker há mais de 50 anos.

    O conceito do MBO traz uma forma de fazer com que empresa e colaborador concordem uma meta bem definida e avaliem o desempenho através da medição dessa meta, tornando assim mais justa e transparente a colaboração entre as duas partes.

    Por que utilizar em sua empresa/vida pessoal?

    “No mundo empresarial, a existência de um modelo de gestão pautado em metas é a ferramenta básica para transformar estratégias em ações concretas, e nós acreditamos muito nisso: uma boa estratégia não vale nada sem uma boa execução, estratégia, no limite, é execução!” Thales Miranda, Sócio da Visagio

    Mas, afinal, o que é uma meta S.M.A.R.T.?

    Metas S.M.A.R.T.

    Metas S.M.A.R.T. possuem 5 características

    Specific – ESpecífica

    Uma meta deve ser precisa e não ambígua: você, ao lê-la, deve entender o que quer atingir com ela. Um erro eu que cometi ao definir minhas metas foi colocar “Voltar a estudar inglês”, é possível atingi-la de diversas maneiras. Entretanto, vejo que ficaria melhor se fosse escrita como “Me matricular em um curso de inglês” ou “Ler x livros em inglês no ano”. Assim, ao ler a meta, qualquer pessoa saberia o que eu desejo fazer no meu ano.

    Measurable – Mensurável

    A segunda característica é que a meta deve ser mensurável, e não ter critérios subjetivos. Uma meta que vi várias pessoas fazendo nesse fim de ano foi: “Ser mais feliz”, na prática, como isso seria medido? Como a pessoa verificaria evidências que realmente foi mais feliz em 2016 do que em 2015? Uma meta tem que ter métodos claros para medir o sucesso. Uma sugestão melhor seria, por exemplo: “Criar uma lista mensal com as coisas pelas quais sou grato (a) e feliz”.

    Achievable – Alcançável

    A meta também deve ser atingível, ou seja, você deve criar metas realistas, o que não significa que devem ser frouxas. Você deve se desafiar, pois assim se forçará a dar o melhor de si. Entretanto, se desde a largada a meta não for possível de ser batida, ela só servirá para desmotivar você. Não adianta querer correr uma maratona inteira se você nunca completou sequer uma prova de 5km.

    Relevant – Relevante

    A quarta característica é que todas as metas devem ser relevantes para o objetivo final (seja pessoal ou da empresa). Um exemplo é que eu poderia ter incluindo entre as minhas metas de aprendizado de 2016, “Voltar a fazer exercício físico”. É uma meta legal para ter um bom equilíbrio entre a vida e o trabalho, mas nada tinha a ver com o meu objetivo maior, que era adquirir mais conhecimento.

    Time-bound – Prazo

    E por fim, as metas deve ter um tempo determinado para serem atingidas. Assim, será possível se planejar, fazer submetas e evitar que você fique flauteando ao longo do ano e empurrando com a barriga. Também não vale deixar todas as metas com o mesmo prazo, lá no final do ano. Determine várias metas para serem atingidas ao longo do ano, pois isso também auxilia a motivação.

    E aí, você gostou do conceito S.M.A.R.T. para criação de metas de ano novo? Deixe seu comentário com as suas metas abaixo, e me ajude indicando bons artigos e bons livros para 2016 =)

    FIQUE ATUALIZADO !

    Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

    I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.


    • Anderson Ravagnani Mamede

      Muito interessante este conceito. Também gostei do seu projeto de metas no github, e fiz um para mim também. O bacana é que como seu projeto de metas é público (github), outras pessoas também podem usar informações de suas metas. Eu, por exemplo, estou sempre de olho nos artigos que você adicionam lá, sempre acho alguns de meu interesse rs
      O meu é https://github.com/AndersonMamede/resolucoes-aprendizado-2016

      Valeu pela idéia! 😉

      • Victor Lima Campos

        Obrigado, estou sempre olhando os forks do meu projeto. rss
        Inclusive o seu =)

        Pretendo ler os artigos em negrito do seu…

      • Eu que agradeço por ter curtido cara =),
        Eu gosto muito do github por isso tb, inclusive tenho acompanhando as suas tb, lendo os posts em negrito.

      • Victor Lima Campos

        Fala cara,
        vlw =)

        Eu tb tenho seguido os artigos do pessoal que fez fork.
        Inclusive curti sua ideia de colocar negrito no que tenho que revisitar.