Categorias

Newsletter

  • 3D Design

    Computação Gráfica: do cubo ao realismo impressionante!

    Esse primeiro post irá falar um pouco sobre a história da computação gráfica e como ela evoluiu de gráfico simples a impressionantes gráficos realistas.


    Olá pessoal, meu nome é Rene Proença e sou um dos novos colunistas do Choco la Design. Primeiramente, quero agradecer o convite para fazer parte dessa equipe maravilhosa.

    Eu sou estudante de Ilustração e animação gráfica pela UVA, e neste meu primeiro artigo, nós iremos abordar temas do mundo da computação gráfica, uma arte que está presente em quase tudo o que vemos na TV, Cinema, games e outros veículos. Apesar de ainda estar me formando, eu passei por importantes empresas do cenário carioca, e já trabalho com esta apaixonante arte por 18 anos.

    O termo computação gráfica é muito amplo e envolve muitas áreas. Hoje vamos focar na parte 3D, Animação e Efeitos, que são os que mais vemos hoje em dia, e falar um pouco sobre a história da computação gráfica e como ela evoluiu de gráfico simples a impressionantes gráficos realistas.

    As primeiras animações em computação gráfica do cinema

    O primeiro filme a utilizar imagens 3d geradas por computador para criar uma animação foi Futureworld em 1976, chamado no Brasil de “Ano 2003 – Operação Terra”. Futureworld apresentava modelos tridimensionais de uma mão e um rosto.

    O modelo da mão era a versão digitalizada da mão esquerda de Edwin Catmull, que no futuro se tornaria um dos co-fundadores da Pixar. Edwin é o atual presidente dos estúdios Disney e da Pixar.

    Ed Catmull_May2012

    Ed Catmull

    Em 1977, o filme Star Wars apresentava a primeira animação 3d totalmente gerada por computador.
    Produzida por Larry Cuba, a animação representava um wireframe da Estrela da Morte, e foi utilizada na cena em que a Aliança Rebelde planeja a destruição da estação espacial.

    Cenas de animação 3d completas

    Embora não tenha sido um sucesso de bilheteria, o filme Tron (1982) foi um marco para a animação 3d. Além de apresentar mais de 20 minutos de cenas com animação 3d, Tron demonstrou o potencial da tecnologia, e influenciou diversos artistas, como John Lasseter.

    Em 1985, The Young Sherlock Holmes, lançado no Brasil como “O Enigma da Pirâmide”, apresentava o primeiro personagem 3d humanóide animado. O personagem era um cavaleiro, composto por partes do vitral de uma igreja. Na cena, logo no início do filme, ele ataca um padre. A animação foi feita por John Lasseter, que na época fazia parte da ILM, e posteriormente viria a se tornar o Diretor de Criação dos estúdios Disney e da Pixar.

    O filme Labyrinth (1986), conhecido no Brasil como “Labirinto, a Magia do Tempo”, apresentava em sua abertura o primeiro animal 3d realista, uma coruja, animado por Larry Yaeger e Bill Kroyer , da Industrial Light & Magic.

    Também em 1986, Steve Jobs comprou a divisão de Computação Gráfica da Industrial Light & Magic, onde Ed Catmull e John Lasseter trabalhavam, e fundou a Pixar.

    Steve Jobs

    Steve Jobs

    Em uma corrida contra o tempo, Catmull e Lasseter conseguem produzir e apresentar o curta Luxo Jr. (1986) na SIGGRAPH, onde foi aplaudido de pé, antes mesmo do fim. O curta traz um personagem que se consagrou como a carinha da Pixar.

     

    “Naquele momento, a maioria dos artistas tradicionais estava com medo do computador. Eles não percebiam que ele era somente mais uma ferramenta nas mãos dos artistas. Ao invés disso, achavam que era algum tipo de automação, que poderia ameaçar os seus empregos.”

    “Felizmente, isso mudou radicalmente no início da década de 80, com a popularização dos computadores pessoais. O lançamento do nosso Luxo Jr. reforçou essa impressão positiva entre os profissionais da área.”

    Edwin Catmull, Computer Animation:
    A Whole New World, 1998.

    Sequências com animações em 3d realistas

    O filme Jurassic Park (1993), de Steven Spielberg, foi um dos filmes de maior lucratividade da história. Ele apresentava diversas sequências animadas com dinossauros 3d realistas (ILM).

    Toy Story (1995) é considerado o primeiro longa metragem totalmente animado por computador. O filme foi dirigido por Lasseter, produzido pela Pixar e distribuído pela Disney. Catmull e Jobs foram produtores executivos do filme.

    A animação Cassiopeia (1996), produzida pela NDR Filmes, foi o primeiro longa metragem brasileiro produzido inteiramente com recursos de Computação Gráfica.

    Personagens em animação 3d realistas

    Com a chegada do ano 2000 e a tecnologia avançando cada vez mais, a indústria começou a produzir filmes de computação gráfica cada vez mais reais. A primeira tentativa de apresentar personagens realistas foi Final Fantasy – The Spirits Within (2001), animação baseada na famosa série de vídeo game. O filme foi um fracasso de bilheteria e crítica, mas ficou na história da computação gráfica.

    Com a evolução dos softwares e hardwares, os artistas começaram a desenvolver cada vez mais as suas técnicas em busca da realidade. Em 2010, o artista brasileiro Raoni Nery criou uma versão realista do personagem Buzz Lightyear do longa Toy Story.

    capaBUZZ_FINAL04

    Buzz Lightyear

     “uma homenagem a Pixar, criador dos filmes mais inspiradores que me levaram até a minha paixão, CG”
    Raoni Nery

    Outros artistas também despontaram no cenário da Computação gráfica. Em 2014, um artista australiano chamado Cris Jones publicou em seu canal do YouTube uma animação extremamente realista, usando programas como Lightwave, Sculptris e Krita. Dá para notar que as texturas e a movimentação dos olhos são resultados de um trabalho primoroso.

    Esse então, é apenas um resumo da história da computação gráfica, e eu espero que tenham curtido o artigo! Nos próximos posts, eu vou abordar temas mais técnicos, falar sobre os estúdios de computação gráfica, entrevistas com artistas de renome nacional e internacional… Enfim, tem muita coisa legal vindo por aí!

    Eu gostaria de agradecer ao meu professor e amigo, Fabio Forti, que me permitiu utilizar parte do conteúdo de sua pesquisa sobre a história da animação 3D, disponível na apresentação Animação 3D – História (2014).

    Link para o material que eu usei como base: https://www.dropbox.com/s/olu07zq66kw29px/Anima%C3%A7%C3%A3o%201%20-%20Hist%C3%B3ria.pdf?dl=0

    Fiquem ligados e um abraço a todos.

    FIQUE ATUALIZADO !

    Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

    I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.


    • Cara, pera aí que preciso checar se tudo que tem aqui em casa é de verdade ou se é 3D. :O

      Show de post, Rene! Impressionado com essas animações e de quanto tempo tem aquela lanterninha da Pixar. haha!

      Abraços

      • ahahahahah valeu Filipe, obrigado, grande abraço !!!

    • Felipe Coelho

      O livro Criatividade S.A., narrado por Ed. Catmull (criador da Pixar), conta bastante dos primórdios da computação gráfica, além de muitos outros assuntos relacionados a criatividade. Vale a pena conferir.

      • Show de dica Felipe, se não me falha a memória acho que tenho um exemplar desses aqui em casa, são tantos que eu tenho que alguns eu ainda nem tive tempo de ler.
        Grande Abraço

    • Show 🙂