Categorias

Newsletter

  • Design Gráfico Livros

    Corpo Tipográfico – Projeto dos estudantes de Design da UFPE

    O livro expõe os trabalhos realizados pelos alunos das disciplinas de Tipografia Básica e Tipografia Experimental – disciplinas novas até então – que aceitaram o estudo da tipografia


    Todos que nos dispomos ao estudo sempre pretendemos com ele evoluir e transformar um pouco do meio onde vivemos. O que muitas vezes é bem complicado, já que a dependência de estímulo e patrocínio ainda anda bem grande.

    Mas se este estímulo vem de um lugar bem próximo como as instituições de ensino, que fazem parte do cotidiano e do andamento e aperfeiçoamento do aluno a resposta com certeza é bem mais instigante.

    Foi com este princípio de instigar o aprendizado que a editora Serifa Fina, e o Laboratório de Tipografia do Agreste – LTA – lançaram em 16 de julho no auditório da Universidade Federal de Pernambuco  a publicação bilíngue (Português, Espanhol) ‘Corpo Tipográfico’.  O livro tem como objetivo disseminar o estudo da tipografia feito pelos universitários do curso de Design da Universidade Federal de Pernambuco, Campus do Agreste, localizado em Caruaru, a 140km da cidade do Recife.

    O livro expõe os trabalhos realizados pelos alunos das disciplinas de Tipografia Básica e Tipografia Experimental – disciplinas novas até então – que aceitaram o estudo da tipografia sob uma nova perspectiva, na qual o corpo humano é a base para as fotografias apresentadas no livro, para a contextualização foram convidados, Mário de Carvalho e Eduardo Romero, professores do curso de Design da mesma instituição, além de Buggy, mentor da obra.

    O livro foi totalmente produzido e custeado pelos alunos das disciplinas, tendo então na sua primeira edição 500 exemplares que foram doados para instituições de ensino, não sendo autorizada a venda dos mesmos.

    Laboratório de Tipografia do Agreste.

    Buscando o resgate dos impressos em tipografia, o LTA surge favorecendo aos estudantes do curso de Design da UFPE em Caruaru as diversas possibilidades desta aplicação, agregando valor aos projetos de design e valorizando a história gráfica local.

    As atividades do laboratório são particionadas afim de dinamizar todos os projetos de forma prática e eficaz. Particionado por ênfases, os estagiários voluntários dedicam-se ao estudo e prática da tipografia nos seus variados ofícios.

    Para um maior conhecimento e contato com o projeto, acesse:

    Colaboração de texto: Vinícius Vieira