Categorias

Newsletter

  • Empreendedorismo Modelos de Negócios Personal Branding

    Design de nicho: Oportunidades para aumentar sua produtividade e criatividade

    A beleza de trabalhar com Design, na minha opinião, é poder a cada trabalho se reinventar, é a cada trabalho estudar um novo produto […]


    A beleza de trabalhar com Design, na minha opinião, é poder a cada trabalho se reinventar, é a cada trabalho estudar um novo produto ou uma nova forma de interação do público e sua comunicação. Durante nossa formação como designers, a vida vai nos moldar e guiar através dos mais variados temas, necessidades e clientes.

    Nem sempre o projeto será de nosso agrado, ou pela linguagem visual daquele mercado, ou pelas limitações criativas que nem sempre poderão ser vencidas através de argumentos. Mas nem tudo está perdido! Neste post, eu vou tentar, através de minha experiência, ajudar você a encontrar seu nicho e como evoluir nele aumentando sua produtividade e criatividade.

    O que é um nicho de mercado?

    design nicho de mercado

    Nichos de mercado são segmentos específicos de serviços variados, geralmente não são muito explorados ou desbravados, pois a maioria já está em cima de projetos maiores, de grande alcance, e nem sempre liga para as grandes oportunidades que existem nesses mercados.

    Por exemplo:

    1. Música > Rock : Música é o mercado principal, porém o rock é um nicho dentro de música.
    2. Moda > Moda Feminina > Moda Praia: Moda é o mercado principal, porém Moda feminina é um nicho e Moda Feminina Praia é um nicho dentro de Moda Feminina.
    3. Esportes > Futebol > Camisas e Chuteiras > Chuteiras com trava: Esportes é o mercado principal, porém Futebol é um nicho e Camisas e Chuteiras é um nicho dentro de Futebol, e Chuteiras com trava é um nicho dentro de Camisas e Chuteiras.

    Porque trabalhar com nichos?

    Trabalhar com nichos pode ser um grande processo de reavaliação constante das demandas e soluções, e por trabalhar no mesmo nicho, você irá a cada projeto evoluir mais e mais, resolver soluções que um profissional que apenas fez um job para aquele nicho não irá se preocupar ou não irá perceber.

    Outra vantagem de explorar nichos é que, por ser um mercado pequeno, todos os concorrentes acabam se conhecendo, e muitos são inclusive amigos, e você pode ser “o cara novo”, que criou soluções que ninguém nunca pensou, e com certeza será chamado para nivelar todos os projetos daquele segmento no mínimo na qualidade do seu último projeto, fazendo com que isso se torne um ciclo de evolução de projetos para clientes daquele segmento, e no fim você pode ser “O cara”.

    Outra grande vantagem de trabalhar com nichos é que você pode escolher um nicho com o qual tem afinidade e naturalmente conhece o público e comunicação, dessa forma, vai se manter motivado para a cada projeto inovar e apresentar o melhor.

    Nadando com tubarões

    É preciso cuidado na escolha do seu nicho, para não escolher um onde seu serviço não irá acrescentar nada àquele segmento ou já existem diversos outros profissionais da sua área atendendo aquele cliente. O trunfo dos nichos é descobrir necessidades inexploradas, sugerir soluções que tragam bons resultados financeiros, de público ou do objetivo daquele mercado. Entrar em um nicho para ser só mais um, pode dar retorno inicialmente, mas uma hora você pode perceber que ficou ali comendo migalhas que os primeiros do segmento deixaram, ao invés de desbravar e ir atrás dos seus “filés”.

    Como começar um trabalho de nicho?

    Nichos de mercado podem ser minas de ouro, ou barcas furadas. É preciso intuição e estudo daquele mercado e um estudo pessoal para decidir em qual nicho investir, baseado na sua relação com aquele mercado e seu público. Para trabalhar com nichos, todo o seu branding pessoal ou de sua empresa devem estar caminhando junto com os valores do nicho que quer explorar, ou mostrar a sua visão de crescimento e como explorar aquele mercado.

    O caminho para explorar nichos pode ser do coração ou por opção estratégica. Você pode decidir por uma brecha de mercado, ou um mercado ainda pouco explorado e assim dominar aquele setor, tornando-se um especialista como dito anteriormente. Ou pode seguir suas afinidades com algum segmento que já domine e tenha vontade de iniciar um trabalho.

    Escolha um nicho que você tenha tesão de explorar, de criar, de melhorar, pois isso já será seu diferencial, a vontade de fazer o melhor. Eu por exemplo, adoro trabalhar com música! Por toda a liberdade que tenho, forma de expressão e como cada job chega em milhares de fãs.

    Decida em qual frente daquele nicho quer começar, no meu caso, com música, existem seus nichos, como rock (hey ho lets go!), rap, eletrônico, sertanejo, pop, axé, entre outros. Trabalhar com artistas, produtoras, eventos… Mas isso é assunto para outro post.

    É importante que você tenha cuidado para não escolher nichos onde não se encaixe ou não se veja desenvolvendo um trabalho por um período longo e com clientes do mesmo segmento. Outro cuidado é não se acomodar e usar a mesma solução para todos os projetos. Cada novo projeto é uma oportunidade sua de revolucionar e surpreender aquele segmento: o seu melhor projeto é o seu próximo projeto.

    O seu branding pessoal e da sua empresa devem ser compatíveis com o nicho que você quer explorar. Se você quer trabalhar com advocacia, nem sempre a pegada informal será seu caminho, se quer trabalhar com algum setor criativo, precisa se mostrar criativo em seu site, cartão, modo de vestir e etc. Um nicho é como um clube fechado para sócios, onde primeiro você deve ser aceito, para conquistar depois todos do clube.

    Consegui meu primeiro cliente de nicho, e agora?

    Estude! Analise a concorrência para ver os pontos fortes e fracos, mantenha o que funciona, sugira cortes onde considera fraco e surpreenda todo o setor com o inesperado! Envolva seu cliente no projeto, pois ele entende o público, consumo e poderá definir o impacto das suas mudanças.

    Essa é sua chance de colocar tudo que pensou para aquele nicho. Caso o seu cliente não tenha verba para tudo o que planeja, seja maleável, ceda um pouco se precisar, afinal você está pensando em conquistar aquele mercado e seria bom você mostrar do que é capaz. Entretanto, não se prostitua, pois irão comentar seus valores entre eles e se você começar muito abaixo, pode não ter a chance de subir seu valor novamente.

    O cliente limou minhas ideias, e agora?

    Seu cliente, do jeito dele, sabe o que faz. Alguns tem uma gestão conservadora e outros mais “pra frentex”… O importante é respeitar, e como o seu plano é investir nesse nicho, guarde para outro cliente que se interesse.

    Sugira um teste A/B e mostre resultados por amostragem, procure cases de outros mercados fora do segmento e mostre como outra empresa teve retorno seguindo suas soluções. Lembre-se que seu cliente tem objetivos, e você deve traçar com ele para que seu retorno possa ser contabilizado ou medido de alguma forma, mostrando o sucesso das suas soluções.

    Não desista! Mas aprenda que, em uma guerra, você irá perder algumas batalhas, e no fim tanto você quanto seu cliente querem o mesmo objetivo, apenas por caminhos diferentes. Pense: será que vale um desgaste com meu cliente devido a uma alteração que não gostei?

    Reputação

    Você se lembra quando nós falamos sobre indicação, boca-a-boca e dominar o nicho virando “O cara”? Então, nada disso irá acontecer se você não oferecer um bom serviço e for um profissional comprometido com entregas, qualidade e bom atendimento. Da mesma forma que podem indicar você, podem queimar a sua imagem. Mantenha bons relacionamentos, saiba que atrasos acontecem, problemas acontecem, mas a maneira como lida com eles e com seus clientes é o que vai determinar o seu futuro naquele nicho.

    E agora?

    Qual segmento você escolheria? Qual é seu cliente dos sonhos? Onde a sua experiência de vida e suas referências podem impactar de maneira positiva e trazer retorno?

    Deixe nos comentários e aguardo você nesse mesmo Choco-local, nessa mesma Choco-hora para mais uma conversa!

    FIQUE ATUALIZADO !

    Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

    I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.


    • Muito bom Vinny!

      Assunto de extrema importância.

      abraço

    • Boa, Vinny! Conteúdo muito bom. E um assunto que não é muito abordado por aí. Parabéns! No aguardo dos próximos. 🙂

    • Estefani Medeiros

      Super interessante, Vinny! Não conhecia a Choco, achei muito massa o conteúdo.

    • Parabéns pelo post!

    • Ítalo Castilho

      Legal, ótimo post!
      E como você fez para se aproximar dos clientes de seu nicho escolhido, no caso o rock?

      • Vinny Campos

        No caso do nicho de rock, eu comecei com a banda de um amigo, que foi indicando pra um, pra outro, e foi crescendo, acabei conhecendo produtores e pessoas do meio da música, e ai gerou o efeito bola de neve.

    • Deborah Alves

      Adorei!