Categorias

Newsletter

  • http://chocoladesign.com/wp-content/uploads/2016/02/interface.jpg
    Design UX/UI Design

    Interface simples não significa interface fácil

    Existem apps fantásticos com interfaces completas, com pequenos walkthrus e tutoriais de como usá-las. Mas talvez o problema seja justamente esse! Uma boa interface não precisa uma apresentação; ela deve ser compreensível e intuitiva.


    Steve Krug já nos avisou: “Não me faça pensar!”. É um excelente conselho para qualquer designer, especialmente os que lidam com interfaces. Se você faz seu usuário ter que parar para pensar em qual ação ele deve tomar, ou o que ele precisa fazer para completar uma determinada ação, quer dizer que sua interface não é bem construída.

    Vamos ver como exemplo algumas interfaces dos apps nativos do iOS (Apple):

    interface-01

    Note os ícones. A maioria deles é facilmente identificável, já existem há anos. E se não for o caso, são intuitivos (o de “compor mensagem” por exemplo). Você consegue identificar a utilidade de todos, não?

    interface-02

    São interfaces simples, que não precisam de um tutorial ou apresentação. São fáceis de usar. Mas o fato de serem simples não quer dizer que são fáceis de usar – os dois fatores são exclusivos e independentes.

    Análise de interface: Snapchat

    Vamos usar como exemplo um app que tem uma ideia simples, uma interface simples, mas parece mais complicado do que realmente é: Snapchat.

    Para quem não conhece esse app, primeiramente parabéns por ter conseguido escapar da caverna onde você passou os últimos 5 anos. O Snapchat é um programa que, de forma simplificada, permite que você envie fotos e vídeos curtos para outros usuários (sejam individuais ou grupos). Essas fotos possuem um tempo de vida limitado, sendo apagadas pouco depois de sua visualização. E essa é a interface principal do app:

    interface-03

    É como se fosse uma câmera em tela cheia com alguns poucos botões. Quem já usou a câmera do celular deve saber quais os botões básicos: o principal (para tirar a foto), flash, e qual câmera está ativa (a principal ou a secundária – também chamada de “câmera de selfie”). Os problemas surgem com os outros poucos ícones da interface. É aí que a confusão começa.

    O ícone de “menu” no canto inferior direito deveria levar você para um menu, certo? Mas nesse caso, leva para uma tela onde você pode ver os “snaps” públicos. Se você quer usar um item típico de menu (como adicionar usuários), é necessário clicar naquele fantasma na tela principal. Se você quiser alterar as configurações do seu app, depois de clicar no fantasma você precisa encontrar a roda dentada.

    interface-04

    O quadrado do lado esquerdo serve como acesso ao bate-papo. E ao clicar lá, outra surpresa: por que tem um balão de bate-papo no canto superior esquerdo? E por que o acesso pra câmera passou para o superior direito? Se eu aperto no nome de uma pessoa, nada acontece – não deveria iniciar um bate-papo? Não! Você precisa dar um swipe para a direita. Um duplo toque permite enviar uma foto para aquela pessoa. E o swipe para a esquerda? Leva de volta para a câmera!

    São tantas ações diferentes e são inconsistentes: o botão para voltar para a câmera muda de posição em cada tela. O toque em nomes de usuários efetuam ações diferentes em cada tela.

    Você usando esse app (via shutterstock

    Você usando esse app (via shutterstock)

    E isso só piora depois que você tira uma foto. O ícone de “fechar”, “adicionar texto”, “desenhar” e até mesmo o cronômetro são razoavelmente fáceis de entender (o cronometro só faz sentido se você sabe que sua foto será “autodestruída” após um certo período). Mas e os outros?

    Um deles parece ser “baixar”, mas quando você toca ele aparece “Salvando…” e depois “Salvo”. Mas onde salvou? O ícone do lado deste joga para a sua “história” (snaps publicamente visíveis) mas não pede nenhuma confirmação antes de tornar aquela foto pública. E se esse ícone é o que publica na sua linha do tempo, qual é a do ícone das flechas do lado direito? Na nossa cultura pode significar “Próximo” por lermos da esquerda pra direita. Mas e as outras culturas que lêem de cima pra baixo, ou da esquerda pra direita?

    interface-05

    Obviamente, o sucesso do app não é por causa da sua interface. No entanto, a interface foi a que mais sofreu devido ao sucesso. Implementar recursos grandes é um problema quando muda a essência de um app. Mas esse artigo não é só uma crítica a um app; vários apps e interfaces cometem erros assim todos os dias. Sempre assuma que o usuário está usando uma interface digital pela primeira vez na vida. Se você precisa usar ícones, vá com algo que seja descritivo ou tão popular que já está impresso no consciente de todos.

    A lição aqui é: só por que sua interface é simples, não quer dizer que ela é fácil. Ninguém vai usar uma interface apenas por que ela é “bonita” – eles usam porque querem alcançar um objetivo com ela.

    E aí? Você também estranhou a interface desse app? Ou acha que existem apps com interfaces mais difíceis? Deixe nos comentários! E, se quiser, pode me seguir no Snapchat em canha42 (sim, mesmo criticando ainda uso!).

    FIQUE ATUALIZADO !

    Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

    I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.


    Also published on Medium.


    • Eu tive alguma dificuldade com a interface do Snapchat no início, exatamente porque os ícones são estranhos, mas como qualquer outro app, é tudo questão de costume. Um redesign de UI viria bem a calhar, no entanto. Uma interface que eu também não acho tão amigável é a do Snapseed, por causa dos swipes para tudo quanto é lado, mas este app é um tanto mais complexo que o Snapchat.

    • Ivan Vidal

      Pra piorar, de vez em quando, vem uma atualização que muda a interação do app com a sua ação, fazendo com que você faça aquilo que não quer e num determinado dia, descobre por acaso como se faz aquilo que não tinha conseguido antes!

    • Eu até hoje me surpreendo com a popularidade que o SnapChat alcançou, considerando o quão confusa é a interface dele. Testei uma vez e achei uma experiência de uso muito ruim (além de não ter me identificado muito com a proposição de valor do app :p )

    • Acho muito bom esses pontos a serem levantados.
      Show de post!!!

    • Eu apenas critico o Snapchat por não ter uma versão web. Critico outras APPS por fazerem o mesmo. Instagram perde algumas funções no seu site e o WhatsApp também não dá para usar na Web sem smartphone ligado à net.

    • O App do Snapchat, na minha opinião é uma app muito confuso, eu uso a mais de 1 ano e ainda me sinto perdido.