Categorias

Newsletter

  • http://chocoladesign.com/wp-content/uploads/2016/06/Fotolia_71032320_Subscription_Monthly_M.jpg
    UX/UI Design

    O futuro do design de interface

    Se você já leu artigos ou viu vídeos meus, provavelmente já leu ou me escutou falando que "design pra mim é a melhor profissão do momento, e será ainda melhor no futuro", e é por causa do design de interface que venho repetindo isso em todos os cantos que passo. Deixe me explicar o motivo disso.


    Costumo receber muitas perguntas sobre como está hoje a área de design de interface (ou todos os outros nomes e variações), principalmente depois que divulguei que montei um curso focado em interface junto, o Master Interface Design. E me vejo repetindo toda semana “Design de interface hoje é a área que mais tem vaga, e no futuro terá ainda mais”, e por isso resolvi escrever esse artigo sobre esse assunto.

    https://br.fotolia.com/id/112387748 © sdecoret / 112387748 / Fotolia

    https://br.fotolia.com/id/112387748 © sdecoret / 112387748 / Fotolia

    O desenvolvimento da área de design de interface

    Quando comecei a trabalhar com design, atuava com ilustração e computação gráfica, até que começaram a me pedir alguns sites e fui estudando para começar a criar alguns. Não lembro exatamente mas meu primeiro site para cliente foi a uns 10 anos atrás, e naquela época não tínhamos ainda muita tecnologia e inovações. Basicamente criávamos o site, focando em divulgar o produto ou a empresa, e estava pronto. Não tinha isso de ser responsivo, de focar em mobile, ou tablet … app? Esquece … estamos falando de sites feitos em 640px, e quando mais moderninhos se trabalhava com 800×600.

    Mas vamos parar rapidamente para refletir, o que são 10 anos? Parece muito tempo não? Mas você provavelmente percebeu como passou rápido os últimos 10 anos e a quantidade de evolução tecnológica que tivemos nesse tempo. Hoje tem grande chance de você estar lendo esse artigo em um celular Android ou Apple, cheio de recursos, e ao mesmo tempo acompanhando as milhões de mensagens no whatsapp, inbox do Facebook, notificações do Instagram … e ainda tem chance de vibrar o seu relógio e você parar de ler esse artigo para verificar sobre algum novo email que você recebeu.

    A área de design de interface se desenvolveu muito nessa última década, e com isso tivemos uma segmentação de áreas e de especialidades na profissão. Talvez você saiba que estou fora do Brasil a quase 1 ano, ainda pouco tempo, e na época que eu estava no Brasil era claro como tinham muitas vagas para os ótimos profissionais de design de interface, e a maioria dos meus amigos designers que atuam com essa área estavam crescendo cada vez mais, ano a ano. Hoje vejo que fora do Brasil está ainda mais forte, e tem muito mais vagas. Aqui pela Europa a busca por ótimos designers de interface é gigantesca! E não estou falando de 1 país apenas, vi isso na Irlanda, Alemanhã, Austria, República Tcheca, Londres, Holanda, e tenho certeza que em outros também está assim.

    Tenho visto que muitos novos profissionais se sentem perdidos ao decidir estudar sobre design de interface, e sempre me perguntam: “Por onde eu começo?” E de fato essa pergunta é muito complexa, e depende dos seus interesses.

    Cada vez mais se fala sobre a importância do designer de interface que também sabe html, e provavelmente você já leu sobre isso e andou preocupado. Mas será que é isso mesmo? Será que todo designer de interface precisa saber html, css, javascript … E a resposta é NÃO. E esse tempo aqui na Europa deixou isso ainda mais claro para mim.

    Se você quer atuar com design de interface, terá que pensar em qual linha profissional você deseja seguir, e hoje tem alguns caminhos bem diferentes.

    https://br.fotolia.com/id/90942951 © mileswork / 90942951 / Fotolia

    https://br.fotolia.com/id/90942951 © mileswork / 90942951 / Fotolia

    Possíveis caminhos da área de design de interface

    1. Você gosta muito da área de web, e quer atuar como webdesigner? Desenvolvendo diversos sites responsivos, que funcionam perfeitamente em vários dispositivos, mas principalmente celular, tablet e computadores? (comece a se preocupar com as smartTVs!) Então seria sim recomendável que além de ser ótimo com layouts, você saiba um pouco de front-end, e melhor ainda se você conseguir colocar em html todas as suas criações, além de claro ser importante estudar sempre que possível sobre experiência do usuário e marketing digital, para entender como construir interfaces mais interessantes para seus usuários, e com maiores conversões.
    2. Talvez você tenha maior interesse pelos aplicativos dos dispositivos móveis? Nesse caso você não precisa, e não deve estudar sobre html, na verdade você irá precisar estudar sobre vários outros assuntos e não terá muito tempo para acompanhar as evoluções da programação web.

     

    Existem outros caminhos, mas vou focar apenas nesses dois e vamos então voltar a falar sobre o mercado de trabalho. No Brasil é muito fácil você encontrar diversas vagas em ótimas empresas para o profissional do caminho 1, principalmente se a gente focar no mercado paulista (sim, infelizmente a maioria das vagas e das ótimas empresas são em São Paulo, e foi por isso que cheguei a me mudar do RJ para trabalhar na equipe da UOL, antes de vir para a Europa). Mas aqui na Europa e em outros países como EUA, Canadá, Nova Zelândia, Austrália … Está cada vez maior a busca por profissionais de alta qualidade do caminho 2, e tenho certeza que daqui a não muito tempo essa busca irá acontecer também no Brasil.

    Chegamos a um caminho sem volta, hoje temos milhares de apps no celular, relógio, computador, notebook, tablet, smarttv, e a todo momento surgem novos pequenos produtos que usam interfaces digitais. E tudo irá se ampliar cada vez mais e mais, principalmente quando os estudos de Internet das Coisas começarem a evoluir pesado, e você tiver em casa diversos aparelhos assim … quando isso acontecer, você terá interface em praticamente TUDO na sua casa, na rua, e em todos os lugares que passar. Assustado? Lembrando de Minority Report? A verdade é que muitas das coisas que foram colocadas nesse filme de 2002, como algo do futuro, nós temos hoje como coisas normais (vídeo conferencia, tela touch, entre outras).

    https://br.fotolia.com/id/99275609 © lassedesignen / 99275609 / Fotolia

    https://br.fotolia.com/id/99275609 © lassedesignen / 99275609 / Fotolia

    Na minha opinião, o designer que hoje escolher se focar no caminho 2, e evoluir fortemente nos estudos e testes de possibilidades futuras, terá um mercado incrível nos próximos anos. E falo de mercado internacional.

    E ai, você já está se preparando para as oportunidades desse mercado? O que você tem feito? Me conta um pouco nos comentários, e vamos conversar 🙂

    Grande abraço e até o próximo artigo,
    Felipe Melo

    ———-

    Meus links e redes sociais:

    Assine o meu Canal: http://bit.ly/AssineYoutube-Felipe
    Facebook: http://bit.ly/meuFacebook-Felipe
    Instagram: http://bit.ly/instagramFelipe
    Artigos no Choco la Design: http://bit.ly/artigosChoco
    Behance: http://bit.ly/BehanceFelipe
    Curso Master Interface Design: http://www.masterinterfacedesign.com
    Curso Photoshop Zero to Hero: http://www.pszh.com.br

    FIQUE ATUALIZADO !

    Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

    I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.


    • Victor Campos

      Muito bom Felipe, com certeza ajuda de mais ler um pouco sobre como está o mercado hoje, como vai estar em um futuro “próximo”. E é muito bom, principalmente para pessoas que estão entrando agora nisso (assim como eu), ter um guia de onde colocar o pé em cada passo. Parabéns aí pelo trabalho que vem fazendo de videos e artigos.

    • A tendência é termos soluções cada vez mais focadas. Há 5 anos começou o movimento de aites responsivos como hype, aora é cada vez mais perceptivo que os sites tenham “versões” que se comportem como “aplicativos” e isso vai chegar ao Brasil já no próximo ano como boom.
      O que eu espero é que as smartTVs e watchs sejam os primeiros, tenhamos outros acessórios que farão a revolução nos próximos 2 a 3 anos e sim voltemos aos ciclos de 3 à 5 anos para novidades de ponta, esses ciclos hoje de 18 à 24 meses não tá mais acompanhando a demanda e isso tá gerando a nova bolha.

    • Vicente Campos

      E qual é o preço?

    • Everton Cerconvis

      Valeu pela dica Felipe!! Muito bom, há um tempo venho namorando essa área!
      Agora, é possível um Designer Gráfico como eu entrar nesse mundo no 2º passo? Já programei algum tempo e não mais, gosto muito de criar…será que seria legal conhecer mais esse mundo?