Revista C+ | Choco la Design | Design é como chocolate, deixa tudo mais gostoso.
Categorias

Newsletter

  • Publicidade

    Run to help! – Campanha criativa da academia Acuas Fitness

    Projetos que se extendem às necessidades de criar um produto funcional vendável e de interesse comum geralmente são motivados por necessidades sociais. Estas iniciativas […]


    Projetos que se extendem às necessidades de criar um produto funcional vendável e de interesse comum geralmente são motivados por necessidades sociais. Estas iniciativas pertencem ao conceito de design social, que servem para tirar a prioridade mercadológica em prol das necessidades da comunidade e do bem da sociedade.

    O projeto Run to Help, da Academia Acuas Fitness, pergunta: Até onde você é capaz de ir para ajudar ao próximo?

    Run to help

    Com a chegada do inverno, a Academia Acuas Fitness, em Águas Claras (DF), promoveu o projeto “Run to Help”. A mobilização mostrou aos alunos que é possível ir muito longe sem sair do lugar aliando a atividade física com a vontade de ajudar ao próximo.

    mktrun4

    Ao realizar uma pesquisa com a ONG “Mãos que Criam”, na Cidade Estrutural (DF), que realiza trabalho comunitário na produção de roupas, a Acuas Fitness descobriu que um agasalho leva em média 7 minutos para ser confeccionado. Diante deste cenário, qualquer aluno poderia transformar a própria rotina de aquecimento para iniciar a atividade física em uma nova forma de doar agasalhos.

    Um cronômetro foi instalado em uma das esteiras que mostrava que para cada 7 minutos em movimento, um agasalho era produzido pela ONG e doado a uma entidade carente no DF. Promotoras abordavam os alunos e convidavam a participarem da iniciativa. A campanha foi um sucesso, a esteira permaneceu em movimento das 6h às 0h e a Acuas reforçou a preocupação da empresa com o bem estar social.

    mktrun3

    Resultado: A esteira tornou-se a mais disputada da academia e cada um descobriu que ir longe para ajudar o próximo vai muito além da distância percorrida. Assista ao vídeo da campanha:

    Esta iniciativa é um exemplo de que bons projetos também se fazem promovendo o bem estar social, e no país que vivemos, é uma necessidade do todo que projetemos com solidariedade. Nós nunca estamos satisfeitos com o nosso meio e com a sociedade que nos cerca, porque não aprender a pensar coletivamente? Não falo de assistencialismo, e sim distribuição democrática à informação, e através de seus meios e recursos, diminuir a desigualdade social.