Categorias

Newsletter

  • http://chocoladesign.com/wp-content/uploads/2015/04/3D-post.jpg
    Branding

    Tendências e Consumo: Impressão 3D

    Você já imaginou como a massificação do método de impressão 3D pode mudar o mundo?


    Há algum tempo que as impressoras 3D têm fascinado amantes de tecnologia e futuristas do mundo inteiro.

    Enquanto o uso de tal tecnologia ainda não é massificado e disseminado, ficamos imaginando como nossas vidas mudarão quando chegarmos a este ponto.

    Para designers, empresas e principalmente para o consumidor o impacto poderá ser muito grande.

    Abaixo, elegemos as principais formas que a impressão 3D pode mudar o mundo em um breve futuro:

    1. Uma Maneira Fácil de Repor Peças Quebradas

    Se impressoras 3D forem populares e acessíveis a todos, qualquer peça quebrada pode ser impressa imediatemente, sem que seja necessário ir até uma loja e comprar várias peças (já que raramente são vendidas separadamente). Empresas como Dyson, por exemplo, já disponibilizam arquivos 3D de partes de seus aspiradores para impressão.

    1. Construções Sustentáveis

    Já existem projetos em alguns locais no mundo utilizando impressão 3D para construção de habitações sustentáveis, uma vez que não existe necessidade de transporte, o aproveitamento de materiais é máximo e o volume de entulho é mínimo.

    Na China, já existem empresas usando esta tecnologia para construir 10 casas em um dia, com custo individual de apenas $5.000,00.

    O impacto disso pode ser tão grande no mercado imobiliário quanto no meio-ambiente.

    3d-printed-house

    1. Próteses Acessíveis

    Próteses para substituição de membros podem ser muito caras. Em países assolados por Guerra, ou ainda economias em desenvolvimento, tal valor pode inviabilizar a adoção destas soluções protéticas, prejudicando assim a qualidade de vida de quem as necessita.

    No Sudão, Mark Ebeling, CEO da empresa de pesquisa Not Impossible Labs, fundou um hospital onde próteses são impressas em 3D pelo valor de $100, muito inferior ao usual.

    1. Muito Além da Gourmetização

    Como você já deve ter visto em videos compartilhados em redes sociais, algumas impressoras 3D podem imprimir alimentos. Além de facilitar a vida por possibilitar que ingredientes sejam impressos de acordo com uma receita, a impressora também pode desenvolver alimentos em formas complexas, que seriam impossíveis de serem feitas pela mão humana, trazendo muito requinte a alimentos desde chocolates a massas.

    US-IT-CONSUMER ELECTRONICS SHOW-CES

     

    1. Reutilização de Plástico Descartado

    Considerando que a maioria do plastico usado hoje em dia não é biodegradável, qualquer esforço de reciclagem é bem-vindo. Existe a possibilidade de usar este plástico, que seria descartado, como refil para impressoras 3D. Já até existe um produto deste tipo disponível, que aceita apenas esse tipo de material para impressão, uma iniciativa criada com apoio do músico Will.i.am e da Coca-Cola.

    1. Imprimindo Órgãos Vitais

    O que parece ser uma ideia saída direto de uma ficção científica é uma possibilidade plausível.

    Uma impressora 3D poderia ser usada até para alinhar matéria orgânica, desenvolvendo órgãos para transplante a partir de células selecionadas de um paciente.

    1. Aulas Mais Interativas

    Imagine aprender sobre as embarcações Portuguesas de Pedro Álvares Cabral visualizando, tocando e interagindo com um modelo 3D dos navios usados na época? Ou ter uma aula de arte sobre a Pietà de Michelangelo com uma versão da escultura na sua frente? Além de mais interativa, a experiência de ensino seria muito mais profunda e interessante. Com impressoras 3D de fácil acesso, professores poderiam oferecer isto aos seus alunos.

    1. Armas de Fogo e Mercado Bélico

    Modelos para imprimir uma arma já foram disponibilizados on-line e apesar de armas feitas assim dispararem apenas algumas vezes antes de quebrar, é possível imaginar como este mercado seria impactado com o avanço da tecnologia de impressão 3D, principalmente em relação a regulamentação.

    3d-printed-gun

    1. Poder ao Consumidor

    Depois de todos estes itens, fica claro que caso as impressoras 3D sejam de fácil acesso, qualquer pessoa pode ter seu equipamento e imprimir de acordo com suas vontades. O compartilhamento de modelos 3D também aumentaria a facilidade de imprimir diversos itens, como roupas desenhadas de forma customizada, por exemplo.

    205287-d046ba7a-3c82-11e4-82f2-acd03cc2c40d

    1. Fim dos Estoques

    Em vez de galpões enormes guardando uma série de peças e produtos, os mesmos poderiam ser impressos conforme necessidade. O impacto para empresas seria gigante neste sentido, principalmente em termos logísticos e de produtividade, o que nos leva ao nosso próximo item.

    1. Novo Panorama Geoeconômico

    Seguindo esta linha de raciocínio, empresas iniciariam a produzir seus produtos domesticamente, colocando de cabeça para baixo a lógica de importação e exportação entre países. A dinâmica de exportação de países como a China mudaria totalmente, já que não haveria necessidade de terceirização da produção.

    1. Legislação, Controle, Patentes e Direitos de Uso

    Se todas estas possibilidades de fato venham a ser realidade, temos também que considerar como a legislação e controles governamentais vão se adaptar. Seria OK para a Disney que pessoas imprimissem modelos do Mickey sem pagar os devidos direitos à empresa? Provavelmente não. Mas como isso seria regulado? O mesmo serve para as armas. Como governos onde o armamento civil não é permitido se organizariam caso imprimir armas se torne algo acessível? Atualmente a impressão 3D é um mundo sem lei, mas conforme essa tecnologia se desenvolver, o mesmo deve ocorrer para os controles relacionados a ela.


    Enquanto se prevê que impressoras 3D se tornarão equipamentos domésticos e projetos mais sofisticados serão impressos em negócios especializados, vale lembrar que nem toda impressora poderá imprimir todo tipo de objeto e material. Titanium, por exemplo, continuará sendo algo inacessível para a massa.

    De qualquer forma, é interessante pensar que outras soluções e criações incríveis poderão tomar vida caso cheguem às mãos do grande público.

    E se você se animou com todo esse papo e não pode esperar para que se torne realidade, saiba que o Garagem FABLAB, em São Paulo, tem uma máquina 3D que pode ser utilizada a partir de 75 reais por hora.

    Fontes:

    Konkiat

    Daily Telegraph

    CNBC

    http://project-mr2.nl/

    FIQUE ATUALIZADO !

    Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

    I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.