Revista C+ | Choco la Design | Design é como chocolate, deixa tudo mais gostoso.
Categorias

Newsletter

  • Design Gráfico

    Tipos de papéis e suas aplicações

    A escolha do papel no qual será impresso o material também é importante para garantir um diferencial do produto, tendo assim mais qualidade e ótimos resultados. Conhecendo os papéis e suas características, auxilia no momento da escolha para que o mesmo seja mais adequado à sua peça gráfica. Para que esta escolha seja correta, você deve levar em considerações o tipo da criação, a tinta e as possibilidades de acabamentos.


    No nosso dia-a-dia como Designers, procuramos usar toda criatividade, prática, embasamento teórico, e muita inspiração e claro usar o seu próprio estilo para criar uma peça gráfica de acordo com o briefing do nosso cliente. Mas mesmo assim, uma ótima criação não basta.

    A escolha do papel no qual será impresso o material também é importante para garantir um diferencial do produto, tendo assim mais qualidade e ótimos resultados. Conhecendo os papéis e suas características, auxilia no momento da escolha para que o mesmo seja mais adequado à sua peça gráfica. Para que esta escolha seja correta, você deve levar em considerações o tipo da criação, a tinta e as possibilidades de acabamentos. Se você se interessa ou tem dúvidas sobre o assunto, continue lendo o artigo.

    1 – Escolha do papel se dá ao Valor subjetivo:

    O custo: quanto maior a tiragem, maior o custo relativo do papel. Em pequenas tiragens, muitas vezes a diferença de preço compensa o uso de um papel mais caro, pelo valor subjetivo que será agregado;

    A disponibilidade no mercado: exceto no caso de tipos de papel de uso mais freqüente (couchê e offset), o mercado de papéis é sanzonal. Muitas vezes, um papel mais diferenciado não é encontrável junto aos fornecedores. por isso, é sempre bom entrar em contato com o fornecedor com alguma antecedência;

    As restrições técnicas: alguns processos não permitem o uso de determinados tipos de papel. Mesmo no caso do offset – processo que aceita praticamente todos os papéis –, há diferenças de qualidade de acordo copm as propriedades de cada tipo. na dúvida, se consulta gráfica.

    2 – Classificação dos papéis:

    Atualmente existem infinitas variedades de papel no mercado, para você escolher de acordo com a sua peça gráfica e criatividade. Para diferenciar um modelo de papel do outro, existe uma classificação básica

    a) Peso: Normalmente, o peso varia de 50 a 350 gramas. Quanto maior a gramatura, mais grossa é a folha, maior o peso terá o impresso, maior opacidade (ou seja, a folha é menos “transparente”, o que beneficia a leitura no caso da impressão frente-e-verso) e maior o custo, já um papel de gramatura excessivamente baixa é bem mais barato, mas poderá fazer com que a publicação seja por demais maleável, comprometendo a apresentação e a futura conservação.
    Por exemplo, 50 gramas é um papel mais fino, e, portanto o 350 gramas será o papel mais grosso. Isto define o peso e o volume do seu impresso final. O peso influencia no preço da impressão.

    b) Formato: O formato bem definido resulta em aproveitamento de papel, o que pode proporcionar economia. Isto não só vale para custo, como para uma consciência ecológica. Por exemplo, Parece não haver maior diferença se um cartaz com 46 cm de altura x 32 ou 34 cm de largura, certo? São apenas dois centímetros a mais, e talvez fique “mais bonito” se ele for um pouco mais largo. No entanto, com 32 cm, cabem quatro cartazes em cada folha 2B, formato muito utilizado para impressão em grande escola.
    Com 34 cm, apenas dois, havendo um grande desperdício de papel. Vamos considerar uma tiragem de quatro mil cartazes – o que não é muita coisa. Com 32 cm, serão necessárias pouco mais de mil folhas de papel (considerando sobras para testes e erros), enquanto com 34 cm serão necessárias mais de duas mil. Nós devemos sempre nos informar com as gráficas em que imprimimos nossos materiais sobre os formatos de papeis possíveis para impressão, gastando menos papel, e claro, o orçamento fica mais acessível, deixando também é claro nosso cliente mais feliz.

    c) Cor: A cor do papel pode influenciar na composição criativa das cores que você usa na sua arte. Geralmente, o papel escolhido é branco, ao passo que tons amarelados ou caramelados tendem a ser associados com baixa qualidade. Existem diversas peças gráficas que podemos realizar com os papeis já coloridos de fábrica, deixando a peça gráfica com uma criação diferente e de orçamento mais baixo.

    d) Textura: A textura pode ser definida como o aspecto do papel (lisos, telados, etc.) ou quanto ao seu grau de rigidez. A textura do papel pode ser escolhida de acordo com a arte. Tomando o processo offset como referência, quanto mais liso o papel, mais nítida e viva será a impressão.
    Os papéis com textura, por sua vez, tendem a singularizar o produto final, mas não são indicados para policromias com grande exigência de nitidez nos detalhes (como livros de arte, por exemplo). Da mesma forma, devem ser evitados quando do uso de corpos muito pequenos (abaixo de oito pontos). Na serigrafia, na xerografia e na impressão digital, eles são contra-indicados no que confere a legibilidade e definição de detalhes.


    Imagem: SXC

    Tipos de papéis

    Couchê

    É um tipo de papel resistente, mais caro, mas amassa facilmente dependendo da gramatura. Graças a textura lisa e delicada, possui uma ótima qualidade de impressão. Uma característica do couchê brilho é que nas áreas que serão impressas (que terá tinta de impressão) possuam um brilho acetinado em ambas faces. Já o couchê fosco possui menos brilho, maior tempo de secagem da tinta e é mais barato que o brilho. Sua gramatura é bastante abrangente, mas trabalha basicamente com 04 gramaturas: 90, 120, 150 e 250 gramas.

    Aplicações:

    • Cartão de Visita;
    • Folders;
    • Flyers;
    • Panfletos em geral;
    • Tags;
    • Encartes de Supermercados;
    • Cartazes e outros.


    Imagem: Creattica

    Duplex

    Mais conhecido como papelão, é um tipo de papel composto por 2 camadas de papel, sendo a primeira de branca, acetinada e lisa e a segunda camada com uma pasta não branqueada (por isso o papel fica com essa cor) O verso do papel permite melhor qualidade e produtividade na hora da impressão. A gramatura do papel Duplex é 250 gramas e 300 gramas.

    Aplicação de materiais:

    • Calendário de Parede;
    • Sacolas;
    • Caixas;
    • Embalagens em geral.


    Imagem: Grupo Fiorin

    Off-set

    É o Papel mais utilizado, e como possui bastante cola na sua composição, ele tem superfície uniforme. É um papel bastante branqueado (dos branqueados é o mais barato), encorpado e possui textura fosca e resiste o melhor possível a ação da umidade, o que é de extrema importância para a impressão pelo sistema off-set. Além a vantagem de baixo custo, possui alta qualidade, com grande nitidez , cores vivas e intensas das áreas impressas. A gramatura este papel varia de 56 gramas a 240 gramas.

    Aplicação de materiais:

    • Receituário;
    • Papel Timbrado;
    • Miolo de Livros;
    • Miolos de Revistas em Geral;
    • Folhetos.


    Imagem: Cardoso Design

    Supremo

    Possui bastante resistência e tem a superfície mais lisa do mercado, o que faz dele um papel muito procurado e com altíssima qualidade. Possui um semi brilho, e tanto a frente e quanto o verso do papel é branco. Aceita todos os recursos gráficos e geralmente é usado nesse papel um acabamento gráfico especial (verniz U.V ou verniz fosco), para dar mais brilho e durabilidade. A gramatura deste papel é de 250 gramas e de 300 gramas.

    Aplicação de materiais:

    • Cartão de Visita;
    • Imã;
    • Folhinha;
    • Calendário Bolso;
    • Calendário Mesa;
    • Marcador de Páginas e outros.

    Imagem: Creattica

    Papel reciclato

    Este papel é um tipo de papel reciclado. Ele possui essa aparência de papel reciclado, mas ele é na verdade um papel off-set 100% reciclado. Com sua qualidade, é um papel correto para fazer um diferencial ou algum detalhe diferente em seus trabalhos, por possuir textura única, e possuir essa tonalidade de reciclado. A gramatura de papel varia de 90 e 240 gramas.

    Aplicação de materiais:

    • Cartão de Visita;
    • Folder;
    • Flyers;
    • Receituário;
    • Papel Timbrado;
    • Tags;
    • Pastas;
    • Cartazes e outros.


    Imagem: Estúdio Alba

    E falando em Papel Reciclato, tenho um vídeo a seguir que eu acho legal sobre Design Sustentável Arte em Papel – Móveis, luminárias e quadros feitos com papelão ondulado . Quem quizer conferir:

    E agora mais alguns exemplos da variabilidade e utilização criativa dos diversos tipos de papeis:

    Fonte: Panucarmi – Glossário de tipos de papel | Sudipel


    • Douglas Feer

      Um dos melhores posts até agora! Muito útil pra quem é da área digital e não do gráfico. Parabéns!

    • http://www.twitter.com/dri_caa Drica

      Caraca, muito bem feito o post, altissima qualidade e me tirou algumas duvidas quanto a ql indicar pra um cliente, caso ele venha pedir.

      Parabens!

    • http://www.cantinhodayoko.com Yokohama

      Esse post caiu do céu! Há tempos tenho dúvidas sobre os tipos de papéis das gráficas… Muito bom!

    • http://www.meadiciona.com.br/ciclophael RafaeU “CiclophaeL”

      Muito bommmm!!!

    • http://www.alinebottcher.com Aline Bottcher

      Welcome, baby!
      Começou com os dois pés nas costelas! Arrasouuuuuuu!!!!!!

    • http://www.twitter.com/rico_acidu @rico_acidu

      Tava esperando esse post a mt tempo e valeu a pena. Como o Douglas disse p qm eh da area digital e entende pouco da área gráfica eh uma mão na roda. Parabéns!

    • http://jaquetx.blogspot.com Jaqueline

      Poxa, ajudou muitooo o post! muito bom mesmo o//

    • http://www.meusadesivos.com.br CrisSchiavenin

      Muito obrigado gente =D

    • http://iurycarvalho.carbonmade.com Iury Carvalho

      Muito bom o post, vai ser de grande ajuda pra muita gente, mas valia a pena fazer um up nele falando um pouco de papel Kraft e das principais dimensões usadas nas gráficas pro pessoal poder ter uma referência.

    • http://Website Dayana

      adorei o post acabou tirando algumas dúvidas que eu ainda tinha, mas eu gostaria de saber se o papel mais apropriado para cardápios seria o supremo por causa de sua durabilidade, ou se existe um outro melhor.
      Obrigada.

    • http://www.chocottone.com michelli

      ótimo post! fiz trabalho sobre isso há uns meses na faculdade ^^

    • http://www.fredericksilva.com Frederick Silva

      vou indicar esse post para todos os aprendizes de designer

    • http://Website Andréa Lima

      Quero montar um album fotografico, igual aqueles antigos, que tem aquela folha fina entre uma pagina e outra… se alguém souber o nome desse papel, ele é estilo reciclado e marronzinho, aguardo resposta, obrigada pela atenção, e é muito bom esse site, show de bola !

    • Pingback: Suportes de Impressão? Quais são e sua Usabilidade | Choco la Design

    • http://Cartao Fernando

      Bom adorei a dica e tudo e, so queria saber se tem como me ajuda e como faz os cartão de verniz .
      Sem me manda algumas dica pra aprende mas ok e me desculpa ai qualquer coisa se não for muito ecomondo e pedi isso ksks um abraço.

    • http://www.diogodesign.com/ dinhojsb

      Mas uma vez me surpreendi com a ótima qualidade dos seus post, é cada vez mas raro encontrar um bom conteúdo assim infelizmente..

    • silvia amancio

      boa tarde ,sou artesa e gostaria de saber quais os papeis que posso utilizar para a confecçao de caixas para presentes ,e se eu poderia comprar papel com voces , muito grata silvia

    • http://www.luisbucchi.com.br Luis

      Parabens pela matéria, mto útil! Se vc puder me indicar algum livro dos varios tipos de papéis(preferencia em ingles) e materiais que eu posso usar nos meus trabalhos gráficos ficaria mto grato.

    • http://www.twitter.com/deividtavares Deivid Tavares

      Confesso q li a matéria sem saber q era vc, mas no final qnd vi q era vc fiquei feliz.. sei la por q ao certo. AHuhauAuh mas eh q amo esta área e trabalho nela a 11 anos, mas falar de papéis sem q vejamos e sintamos sua gramatura é dificil, mas vc conseguiu.

      Mais uma vez parabéns, ótimo post.

      abç

    • Sidcley Lyra

      Achei ótimo o post, realmente matou a dúvida de muitos, assim como a minha.

    • Josi Pagliarin

      Ficou ótimo Cris! Parabéns!

      • Evelyn

        parabens

    • Pingback: Tipos de Papéis | williancg

    • Victor Messias

      Um dos melhores posts. Incrível!

    • http://www.antenados.net.br João Marcos

      Ótimo post pra quem ainda não tem muito conhecimento, curti! (y)

    • Madalena

      Olá. Queria saber quais os tipos de suportes que existem; como por exemplo desde o papiro, pergaminho e por aí fora. Obrigada!

    • Isabela Silva

      Oii Cris! Adoreei o post!! Eu tenho 15 anos e estou fazendo curso técnico de Design Gráfico e um dos trabalhos é fazer uma revista e seus posts estão me ajudando muito! Obrigada mesmo! Abraços
      PS: Também sou louca por música, filmes, séries e principalmente animes e mangás!

    • http://maisimpress.com.br Damer Oliveira

      hehe achei sem querer no google esse post.
      realmente ta bem legal.
      Na teoria é isso ai mesmo…mas na prática é muito diferente.

      Além de você definir o tipo do papel, você precisa saber também o fornecedor do mesmo. Pois cada fornecedor trabalha o mesmo papel de uma forma diferente.
      Sinceramente n”ao existe papel especifico para um trabalho ou outro. Você que está criando algum material, recomendo ir na produção acompanhar e ver com os próprios olhos.
      Nunca confie no nome da gráfica, nem nos tantos anos de mercado. Tudo é um conjunto. Designer…Arte finalista…CTP…o cara que manipula a CTP…o papel….a máquina off-set…o operador da máquina…a tinta….e por final o cara do acabamento.se um deles falhar, já era.

    • Henrique

      Muito Obrigado,
      Esse material ajudou muito..
      Obrigado

    • josé orlando castro costa

      Mandou Muito bem Gauchinha.

    • shirlenekelly

      uma pergunta por favor,como e o nome do papel bem fino (nao e quardanapo)que serve para fazer decoupagem em velas?desde ja agradeço[parabens por esse trabalho tao importante].

    • Pabloseveto59

      nada ver

    • jorge

      otimas orientaçoes sobre papel grafico. obrigado

    • Thaia_b

      Ameiiiii!!!Está de parabéns em passar conhecimentos.

    • http://pulse.yahoo.com/_WECOZRJQSUEGQU3ALPYZCAKSH4 Gr

      Muito bom! vou colocar um link no meu site http://tiposdepapel .com se você deixar claro… :)

    • Andressa gabriel

      Parabéns vc é muito criativa !

    • Patricia Luiza

      Adorei, muito explicativo sua postagem!!
      Patricia

    • http://www.facebook.com/gustavo.rener.1 Gustavo Rener

      Eu tava louco atras disso!

      Muito obrigado!

    • Paulo

      Caramba muito legal o seu post…obrigado pelas dicas…parabéns

    • Stanley Sathler

      Merece ser favoritado! Contém informações extremamente úteis.

    • Pingback: Grandes blogs – Chocoladesign

    • Rochedo do Nordeste

      que papel devo usar pra fazer os envelopes de CDs e DVs (tipo Cartolina)

    • Rochedo do Nordeste

      Quero um tipo de papel pra fazer capas de CDs e DVDs (Como Comprar)

    • Felipe Echevarria

      Cris, em que cidade vc mora?

    • Janaina

      Precisava d eum papel que fosse para fazer cuplula d etaçaju que sej atranslucido sem ser o vegetal

    • Edilson Timóteo

      Olá, gostei muito do post. Pelo que entendi o papel correto para fazer um cartão de consulta em que as anotações de caneta esferográfica (Bic) ficarão bem aderidas seria o ‘Off-set’, correto?

    • bruna

      nao gostei nada de isto porque eu nao encontrei aquilo que cria

    • Leandro Domingos

      Obrigado pelo post! Muito esclarecedor.

    • Isabela Bugmann

      Só fiquei na dúvida quando você comentou sobre o papel reciclato… nas imagens que você colocou abaixo, de referência, parece que os papéis “reciclados” são diferentes uns dos outros… alguns tem textura, outros não, alguns são claros, outros mais escuros… parece que não se trata tudo de um mesmo tipo de papel…

    • beatriz

      cara super foda